Primeiro reforço do Flamengo para 2023, Gerson desembarca no Rio: "Muito feliz"

 
Um dos nomes que mais mobilizou a torcida do Flamengo no fim de 2022, Gerson está de volta ao Rio de Janeiro. Primeiro reforço para a próxima temporada, o Coringa desembarcou no Galeão no início da noite deste domingo.

Havia cerca de 20 torcedores para receber o jogador no aeroporto, que foi solicito e atendeu todos enquanto ia para o carro. Gerson tem exames marcados para a manhã desta segunda-feira (2) e, se for aprovado, assina contrato de cinco anos em seguida. A previsão é que o jogador já treine com o grupo à tarde.

Para encerrar novela que durou um mês e meio, o Flamengo precisou de muita paciência até chegar a acordo para pagar 15 milhões de euros (R$ 85,06 milhões) por Gerson - no acerto também está previsto um bônus de um milhão na mesma moeda.

- Muito feliz - disse o meia ao desembarcar.

As conversas pela volta do Coringa começaram no início de novembro. Desde o princípio das negociações já havia um acordo entre Gerson e Flamengo. Faltava dobrar o Olympique de Marseille, que queriam 20 milhões de euros. Ciente de que o técnico do OM, Igor Tudor, não contaria com o jogador para a sequência da temporada europeia, o comando do futebol ativou o "gelo no sangue".

Números de Gerson na França e no Flamengo
Em seu primeiro ano de França, Gerson se destacou muito sob orientação de Jorge Sampaoli. Fez 11 gols e deu 10 assistências em campanha que terminou com o Olympique em terceiro lugar no campeonato nacional e classificado para a Champions League. Quando o treinador argentino saiu, o Coringa não teve a mesma sorte com Igor Tudor. Diante das divergências, o croata começou a dar indícios de que o brasileiro não teria mais chances.

No total, Gerson fez 61 jogos e marcou 13 gols com a camisa do Olympique.

Gerson defendeu o Flamengo de julho de 2019 a junho de 2021. Apesar do pouco tempo, fez o suficiente para se tornar ídolo do time de coração. Marcou sete gols, conquistou uma Libertadores, dois Brasileiros, duas Supercopas do Brasil, uma Recopa Sul-Americana e dois estaduais.

Camisa 8 em sua primeira passagem, Gerson agora usará a 20. Thiago Maia, dono da 8, disse que não se incomodaria de devolvê-la ao Coringa, mas o Flamengo optou por não mexer nisso.

Postar um comentário

0 Comentários