Sadio Mané, de Senegal, está fora da Copa do Mundo do Catar

 
O atacante Sadio Mané, de Senegal, está fora da Copa do Mundo do Catar. O jogador - eleito segundo melhor do mundo em 2022 - havia lesionado a fíbula da perna direita antes da competição e, nesta quinta-feira, teve o corte confirmado pela assessoria de imprensa da seleção senegalesa. Mané precisará passar por cirurgia.


Segundo entrevista do departamento médico de Senegal, foi analisado um novo exame de ressonância magnética. Desta forma, constatou-se que Mané não teria condições de atuar em nenhuma das partidas da Copa.

"Infelizmente o exame de hoje mostrou que a evolução não foi favorável como nós imaginamos. E infelizmente Sadio Mané não poderá jogar essa Copa do Mundo. Uma intervenção cirúrgica deve ser marcada muito em breve", disse o médico da delegação, Manuel Alfonso.

Anteriormente, a informação é de que Mané não atuaria nas primeiras partidas no Catar. O atacante sofreu uma lesão na fíbula da perna direita em jogo do Campeonato Alemão pelo Bayern em novembro e virou dúvida.

A lesão mobilizou Senegal. Líderes religiosos chegaram a se unir por orações ao atacante. Mas o tratamento necessário não conseguiria deixá-lo em condições, conforme foi confirmado nesta quinta-feira.

O médico da seleção senegalesa explicou o processo de avaliação de Mané desde a lesão:

"Desde a lesão de Sadio Mané, em 8 de novembro, entramos em contato com o Bayern de Munique muito rapidamente. No dia seguinte, o clube nos enviou as imagens de sua primeira ressonância magnética que ele fez que mostrou uma lesão no joelho direito", afirmou Manuel Alfonso.

Postar um comentário

0 Comentários