Gareth Bale conquista feito histórico e País de Gales embola grupo B da Copa do Mundo


 Jogador do LA Galaxy desde julho, Gareth Bale estreou na Copa do Mundo do Catar com gol de pênalti que ele mesmo sofreu e assim evitou a derrota do País de Gales, que voltou a disputar um Mundial pela primeira vez desde 1958, e saiu atrás dos Estados Unidos, mas conseguiu buscar o empate no fim. O primeiro gol foi de Timothy Weah, filho do liberiano George Weah, ídolo do Milan e Bola de Ouro em 1995.

Este resultado deixou a Inglaterra na liderança isolada do grupo B, com 3 pontos, sendo que EUA e Gales vêm logo atrás, com 1 ponto, e o Irã é o lanterna.

A seleção norte-americana começou melhor, porém caiu de rendimento na etapa final e nem mesmo as cinco alterações foram suficientes para ajudar Pulisic, camisa 10 e principal construtor do time, visto que praticamente todas as ações ofensivas da equipe passaram pelos pés dele.

Já os galeses melhoraram depois da entrada de Kiefer Moore, com mais presença no campo de ataque, levando perigo principalmente pelo alto, e obrigou Matt Turner a fazer boas intervenções. Na hora do pênalti, inclusive, o goleiro acertou o canto, porém não alcançou o chute de Bale que entrou no canto esquerdo dele.

Aos 33 anos, Bale foi o primeiro atleta da MLS a marcar diante dos EUA em um jogo de Copa do Mundo, e assim se consolidou ainda mais como maior artilheiro da história da seleção britânica, com 40 gols.

Na próxima rodada, País de Gales pega o Irã e os EUA enfrentam a Inglaterra, sendo que ambas as partidas são na sexta (15)

Postar um comentário

0 Comentários