Fim da linha! Manchester United anuncia saída de Cristiano Ronaldo


 Todos os olhares e holofotes estavam direcionados à Copa do Mundo no momento em que o Manchester United, através de suas redes sociais e plataformas oficiais, soltou uma inesperada bomba de mercado: Cristiano Ronaldo não faz mais parte do elenco vermelho. Segundo o breve comunicado emitido pelo clube inglês, a decisão foi tomada em comum acordo entre as partes.

"Cristiano Ronaldo está deixando o Manchester United por mútuo acordo, com efeitos imediatos. O clube agradece a ele por sua imensa contribuição em duas passagens por Old Trafford, marcando 145 gols em 346 partidas, e deseja a ele e sua família o melhor para o futuro. Todos no Manchester United continuam focados em continuar o progresso da equipe sob o comando de Erik ten Hag e trabalhar juntos para obter sucesso em campo", publicou o clube em seu site oficial.

Pouco aproveitado neste início de temporada, Cristiano Ronaldo vivia uma espécie de "guerra fria" com o treinador Erik ten Hag no dia a dia do clube. A relação ruim entre os dois, no entanto, acabou sendo escancarada pelo próprio atacante luso em entrevista recente concedida à Piers Morgan, seu amigo pessoal, na qual CR7 chegou a afirmar que havia "se sentido traído" pelo clube e que várias pessoas em Old Trafford vinham trabalhando para sua saída.

Concedida sem o consentimento e sem o conhecimento do clube, a entrevista gerou enorme mal-estar nos bastidores vermelhos e foi o estopim para que as partes decidissem pela ruptura. Ainda não há nenhuma informação ou vestígio sobre o destino de CR7, que deve acertar com um novo clube na janela de transferências de inverno (janeiro).

Postar um comentário

0 Comentários