Espanha atropela Costa Rica e aplica a maior goleada da Copa do Mundo


Considerada uma das favoritas ao título da Copa do Mundo, a Espanha construiu a maior goleada de sua história no Mundial com um 7 a 0 sobre a Costa Rica. Os gols foram de Asensio, Dani Olmo, Ferran Torres (2), Gavi, Morata e Soler.

Com este resultado, a equipe comandada por Luis Enrique assumiu a liderança isolada do grupo F, seguida pelo Japão, que venceu a Alemanha por 2 a 1, e os costa-riquenhos ocupam a lanterna.

O placar traduz literalmente o que foi a partida. Com três gols nos primeiros 30 minutos, a seleção espanhola abriu 3 a 0 logo no primeiro tempo com tranquilidade e impôs seu estilo, caracterizado pelo domínio da posse de bola - foram 945 passes certos - e formada basicamente por remanescentes do vice-campeonato olímpico em Tóquio e jovens que despontam nos principais clubes europeus, como os meio-campistas Gavi e Pedri, do Barcelona.

Esta foi a maior goleada da história da Seleção Espanhola em Copa do Mundo, superando os 6 a 1 diante da Bulgária em 1998, e o placar mais elástico da atual edição, superando os 6 a 2 da Inglaterra sobre o Irã e os 4 a 1 da atual campeã mundial França contra a Austrália.

Postar um comentário

0 Comentários