Cristiano Ronaldo é o primeiro da história a marcar em cinco Copas masculinas


Astro português aumenta lista de marcas pessoais ao se tornar o primeiro jogador na história a balançar as redes em cinco Mundiais diferentes

A Copa do Mundo FIFA de 2022 apenas começou para Cristiano Ronaldo, mas ele já está colecionando feitos históricos em campo. Titular na vitória de Portugal sobre Gana por 3 a 2 nesta quinta-feira (24), o capitão se tornou o primeiro jogador na história a marcar em cinco Mundiais masculinos diferentes.

Ronaldo colocou Portugal em vantagem no segundo tempo, por meio de uma cobrança de pênalti precisa (mais tarde, Andre Ayew empatou para os africanos, mas João Félix e Rafael Leão recolocaram os portugueses na frente, com um gol de Bukari em seguida selando o placar).

De quebra, Cristiano adicionou seu nome ao clube dos jogadores que disputaram jogos em cinco Copas diferentes. Essa relação conta com Lothar Matthäus (ALE), Antonio Carbajal (MEX), Rafa Márquez (MEX), Gianluigi Buffon (ITA), Andrés Guardado (MEX), Guillermo Ochoa (MEX) e Lionel Messi (ARG). Os últimos três jogadores desta relação também conseguiram o feito no Qatar.

Recordista de Portugal em partidas de Copa do Mundo, Cristiano Ronaldo disputou seu 18º jogo no torneio, com oito gols marcados no total. Caso jogue, pelo menos, todos os três duelos da fase de grupos, o atacante terminará a Copa no "top 10" de atletas com mais jogos na história da competição.

Ainda há mais uma marca expressiva para ser alcançada pelo ídolo português neste Mundial. O capitão está a apenas um gol de igualar Eusébio como o maior artilheiro da história de Portugal em Copas do Mundo.

Cristiano Ronaldo em Copas do Mundo
Participações: 5 (2006, 2010, 2014, 2018 e 2022)

Jogos: 18
Gols: 8

Alemanha 2006

Jogos: 6
Gol: 1

Cristiano Ronaldo era apenas um jovem de 21 anos quando viajou à Alemanha para a disputa de sua primeira Copa do Mundo. Ao lado do lendário Luís Figo, tornou-se uma válvula ofensiva para o time de Luiz Felipe Scolari, explorando toda sua criatividade e qualidade nos jogos do Mundial.

Marcou seu primeiro gol contra o Irã, na fase de grupos, batendo pênalti, e ajudou Portugal a chegar às semifinais. Eliminados para a França, os lusitanos também perderam para a Alemanha na disputa pelo terceiro lugar.

África do Sul 2010

Jogos: 4
Gol: 1

Eleito o melhor jogador do mundo pela FIFA e campeão da UEFA Champions League apenas dois anos antes, Cristiano Ronaldo chegou cercado de expectativas à África do Sul. Com remanescentes da geração que conseguiu a campanha histórica em 2006, o astro poderia liderar seu país ainda mais longe.

Mas as esperanças foram frustradas na Copa do Mundo. Após classificar-se em segundo em um grupo com Brasil, Costa do Marfim e Coreia do Norte, Portugal foi eliminado nas oitavas de final para a Espanha. Cristiano marcou apenas uma vez, na goleada sobre os norte-coreanos.

Brasil 2014

Jogos: 3
Gol: 1

Não dá pra dizer que Cristiano Ronaldo não se esforçou para levar Portugal à Copa do Mundo FIFA. Protagonista de uma batalha épica com Zlatan Ibrahimovic nas repescagem das eliminatórias, CR7 foi ao Brasil para disputar seu terceiro Mundial.

Mas uma lesão antes da viagem para a Copa tirou o astro de suas melhores de condições. Em mais um grupo complicado, com Alemanha, Estados Unidos e Gana, ele não conseguiu evitar a eliminação de Portugal na primeira fase. Foi dele o gol da única vitória dos portugueses na competição, diante de Gana.

Rússia 2018

Jogos: 4
Gols: 4

Entre as duas Copas do Mundo, Cristiano Ronaldo se consolidou como um atacante de área, tornando-se o jogador de futebol mais letal de todo o planeta. No Mundial da Rússia, isso foi exibido no maior palco possível, com a Copa mais artilheira de Cristiano até aqui.

Foram quatro gols marcados na fase de grupos, incluindo um inesquecível hat-trick contra a Espanha na estreia. Mais uma vez, porém, o sonho português parou nas oitavas de final, com a eliminação para o Uruguai de Edinson Cavani.

Qatar 2022

Jogo: 1
Gol: 1

Em sua quinta Copa do Mundo, Cristiano Ronaldo estreou como titular por Portugal diante de Gana, pela abertura do Grupo H. O atacante teve a responsabilidade de cobrar um pênalti no segundo tempo e marcou seu nome na história ao vencer o goleiro africano.

Postar um comentário

0 Comentários