Com golaço de Richarlison, Brasil domina Sérvia e repete vitória de 2018


 Resultado da primeira partida do Brasil na Copa do Qatar-2022 é exatamente o mesmo do confronto contra a Sérvia no Mundial passado

Brasil 2 x 0 Sérvia
Gols: Richarlison (17 min e 28 min do 2º tempo)

No replay de um confronto que também aconteceu na fase de grupos da Copa do Mundo da Rússia-2018, a seleção brasileira repetiu exatamente o mesmo placar de quatro anos atrás e repetiu a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia.

O grande nome da primeira apresentação canarinho no Qatar-2022 foi Richarlison. O atacante do Tottenham marcou os dois gols da partida... e o segundo foi uma obra de arte digna dos melhores camisas 9 que jogaram pelo futebol pentacampeão mundial.

O Brasil teve uma atuação das mais seguras em sua estreia no Mundial. Os comandados de Tite dominaram a Sérvia durante todo o jogo e foram aumentando progressivamente o ritmo de jogo até irem para a "decisão" na segunda etapa.

O resultado mantém uma escrita que mostra bem o tamanho da seleção em Copas. A única vez que ela perdeu em uma primeira rodada do torneio foi justamente na edição de estreia, lá em 1930. Curiosamente, o adversário daquela vez era a Iugoslávia (que virou Sérvia depois da independência dos hoje seus vizinhos).

O 2 a 0 fez o Brasil fechar a primeira rodada na liderança do Grupo H. A Suíça, sua rival da próxima segunda-feira, também tem três pontos, mas um saldo inferior (um gol, contra dois dos canarinhos). No mesmo dia, os derrotados Sérvia e Camarões fazem um jogo essencial para seu futuro na competição. 

Momento chave

O Brasil já vencia por 1 a 0 e começava a ter espaço para contra-atacar quando Vinícius Júnior conseguiu progredir com a bola dominada pela ponta esquerda. O atacante do Real Madrid levantou a cabeça, viu Richarlison no meio da área e deu um passe rasteiro. O camisa 9 já dominou a bola jogando-a para cima e emendou o voleio. Foi o voo do Pombo. Um golaço.

Número

10 titulares da partida desta quinta também participaram do encontro entre as duas seleções na Copa passada. A Sérvia escalou seis remanescentes (Nikola Milenkovic, Milos Veljkovic, Andrija Zivkovic, Sergej Milinkovic-Savic, Dusan Tadic e Aleksandar Mitrovic) e o Brasil, quatro (Alisson, Thiago Silva, Casemiro e Neymar).

Craque do jogo

Apaixonado pela seleção, Richarlison sempre falou que seus maiores sonhos eram disputar uma Copa do Mundo e brilhar na competição. Bem, bastou uma partida para que essa meta fosse atingida. Com os dois gols que decidiram a partida contra a Sérvia (um deles, uma pintura), o camisa 9 brasileiro foi o vencer do prêmio BUDWEISER Player of the Match, destinado ao craque da partida.

Postar um comentário

0 Comentários