Com corte de Gayá, Luis Enrique chama lateral que é revelação do Barcelona para compor grupo da Espanha na Copa

 
Tem novidade no grupo da Espanha que disputará a Copa do Mundo do Catar. O lateral-esquerdo espanhol José Luís Gayá, do Valência, foi cortado após sofrer uma entorse no tornozelo direito. Para o seu lugar foi chamado Álex Baldé, de apenas 19 anos, do Barcelona.

Nesta quinta-feira, a Fúria, do técnico Luis Enrique, ganhou amistoso da Jordânia por 3 a 1 - gols de Ansu Fati, Gavi e Nico Williams. No entanto, Gayá, sequer ficou à disposição, pois havia se machucado durante treinamento. Exame de ressonância magnética confirmou o diagnóstico de uma torção leve, mas suficiente para tirá-lo do Mundial.

Mesmo que se recuperasse, era certo que o defensor perderia os primeiros jogos da Copa. Sendo assim, treinador e corpo médico decidiram pelo corte. Baldé, cara nova no plantel, estava concentrado com a seleção sub-21. Na atual temporada, ele acumula três assistências em 16 jogos pelo Barça. A Espanha está no Grupo E, ao lado de Alemanha, Costa Rica e Japão, e faz sua estreia no dia 23, diante do rival da América Central.

Postar um comentário

0 Comentários