Além de Gerson, Flamengo busca meia e extremo; Claudinho volta a ser monitorado

 
Com torneios importantes no primeiro trimestre, sobretudo o Mundial de Clubes, o Flamengo vai se reforçar para tentar conquistar o mundo pela segunda vez em sua história. Desde o final do calendário brasileiro, não conseguiu caras novas, mas será paciente. Com elenco forte, sabe que é preciso dar tacadas certeiras no mercado. Além de Gerson e do goleiro Rossi, o departamento de futebol mira a contratação de jogadores para as posições de extremo e de meia.

É verdade que o Coringa, como diz seu apelido, faz todas as funções no meio-campo, mas o clube quer um jogador ofensivo que atue mais centralizado e outro que jogue pelas pontas.

Antigo desejo, o meia Claudinho, ex-Bragantino e atualmente no Zenit, segue entre os nomes que mais agradam o comando do futebol. Monitorado desde os tempos de Brasil, é nome aprovado pelo futebol do Flamengo, mas sabe-se que o negócio não é simples.

Claudinho está em alta na Rússia. Aos 25 anos, tem três gols e sete assistências em 18 jogos na atual temporada russa. Em julho, renovou contrato até dezembro de 2027, e a possibilidade de vir para o Brasil seria com a suspensão do contrato, direito dado pela Fifa a jogadores que atuam na Rússia e na Ucrânia por conta da guerra.

Apesar de ser um jogador que agrada bastante, o Flamengo não fez qualquer contato oficial com o empresário de Claudinho, Fernando Garcia. Vale lembrar que os clubes russos, por conta da guerra contra a Ucrânia, estão suspensos das competições europeias e se limitam aos torneios locais.

Embora Claudinho também jogue pelos flancos, o Flamengo o enxerga como um meia. Em vídeo publicado na segunda-feira, o canal Paparazzo Rubro-Negro noticiou que o clube tem conversas adiantadas com um jogador da posição.

A diretoria também objetiva a chegada de um extremo, já que Marinho interessa a alguns clubes da Série A e pode ser negociado.

Negociações em curso

Se ainda não há negociações abertas por Claudinho, o Flamengo segue no propósito de repatriar Gerson. Ainda há divergências de valores e percentuais sugeridos por um lado e pelo outro nas conversas com o Olympique de Marselha, mas há otimismo tanto o clube quanto no staff do jogador.

O Flamengo trata a negociação com Gerson como dificílima desde as primeiras rodadas, porém continuará fazendo todo o esforço para tê-lo de volta.

As renovações de David Luiz e Dorival Júnior ainda estão paradas, mas há otimismo também pela permanência de ambos. David foi figura fundamental não só no aspecto técnico, mas também na liderança exercida para recuperar companheiros que estavam desacreditados. Dorival, por sua vez, reconstruiu uma temporada que parecia perdida, conquistou títulos e a confiança dos dirigentes e dos jogadores.

Ayrton Lucas é quem está mais próximo de ter sua permanência no clube oficializada. Os russos gostaram da proposta rubro-negra, que pode render 6,5 milhões de euros ao Spartak Moscou caso metas sejam atingidas. Detalhes separam o Flamengo do anúncio oficial da contratação em definitivo por quatro temporadas.

Postar um comentário

0 Comentários