Ponte Preta x Guarani: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem do dérbi 204


Agora é dérbi. Com grande público esperado, Ponte Preta e Guarani se enfrentam neste sábado (20), às 11h (de Brasília), no Estádio Moisés Lucarelli, em partida válida pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O alvinegro é o atual 13º colocado, enquanto o Guarani é o 17º.

O alvinegro estava em uma série invicta, com duas vitórias e um empate. No último confronto, contra o Brusque, foi derrotado por 2 a 1 e caiu duas posições, se mantendo atualmente na 13ª colocação.

A maior preocupação do confronto é a ausência do meia-atacante Everton, que se integrou recentemente ao grupo, mas estará de fora pelo restante da temporada. O técnico Hélio dos Anjos, entretanto, já buscou alternativas no elenco.

Além do apoio do torcedor alvinegro, a Macaca pode se apoiar no ‘fator casa’ para bater a arquirrival.

Guarani

O Alviverde vem
de uma vitória com grandes emoções. No último sábado, atuando no Brinco de Ouro, a equipe bugrina venceu o Náutico por 1×0 com grande desempenho do goleiro Kozlinski nos minutos finais. A vitória significou o encerramento de um jejum de seis partidas sem triunfo e o alcance de duas posições na tabela.

O técnico Mozart conta com os retornos do volante Leandro Vilela e de Giovanni Augusto. A grande dúvida fica por conta do lateral-direito Diogo Mateus, que deixou a partida contra o Náutico ainda nos três primeiros minutos, e Jenison, que sentiu um desconforto muscular.

O clube bugrino defende uma série de invencibilidade de quatro dérbis. A Macaca saiu vitoriosa pela última vez em 2021.

FICHA DO JOGO
  • Ponte Preta x Guarani;
  • Campeonato Brasileiro – 25ª rodada;
  • Local: Estádio Moisés Lucarelli (Campinas-SP) – às 11h (de Brasília);
  • Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (CE) auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE), Renan Aguiar da Costa (CE) e Lucas Canetto Bellote (SP);
  • VAR: Daniel Nobre Bins (RS)
  • Transmissão: SporTV e Premiere.
PROVÁVEIS ESCALAÇÕES

Ponte Preta

Caíque França, Formiga, Mateus Silva, Fábio Sanches e Artur; Felipe Amaral, Léo Naldi, Wallisson e Elvis; Nicolas (Fessin) e Lucca. Técnico: Hélio dos Anjos

Guarani

Kozlinski; Lucas Ramon (Diogo Mateus), João Victor, Derlan e Jamerson; Leandro Vilela, Rodrigo Andrade e Isaque; Giovanni Augusto, Bruno José e Nicolas Careca (Jenison). Técnico: Mozart Santos

Postar um comentário

0 Comentários