Alexia Putellas é eleita craque da temporada pela UEFA e iguala feitos de Messi e Cristiano Ronaldo


Campeã de três dos quatro títulos que disputou. Assim Alexia Putellas, meia-atacante do Barcelona, se credenciou para ser a "Jogadora do Ano" na Europa, pela segunda vez consecutiva, nesta quinta-feira (25), durante cerimônia da UEFA realizada em Istambul (Turquia).

A espanhola é a primeira mulher a ser premiada mais de uma vez, algo que apenas Lionel Messi conseguiu pelo desempenho nas temporadas 2010/11 e 2014/15. Mesmo se considerarmos homens e mulheres, ela está apenas ao lado de Cristiano Ronaldo, o único até então a atingir tal conquista em sequência (2015/16 e 2016/17). Ele também levou para casa em 2013/14.

Na temporada 2021/22 Alexia ajudou o Barça a vencer a Supercopa da Espanha, o Campeonato Espanhol, a Copa da Rainha e ser finalista da Champions Feminina.

Atual dona da Bola de Ouro da FIFA, a meia-atacante de 28 anos está fora dos gramados desde que rompeu os ligamentos do joelho esquerdo em um treinamento às vésperas da Eurocopa Feminina, em julho. Ela foi operada e deve voltar em ação apenas em 2023, ano da Copa do Mundo Feminina, prevista para começar em 20 de julho na Oceania.

Palmas para Sarina Wiegman

O evento da UEFA também coroou a holandesa Sarina Wiegman como o melhor treinador ou treinadora da Europa no futebol feminino. Ela capitaneou a Inglaterra que subiu ao lugar mais alto do pódio na Eurocopa Feminina pela primeira vez na história neste ano, em Wembley, ao vencer a Alemanha por 2 a 1 na prorrogação.



A comandante das Lionesses ficou com 200 pontos, superando concorrentes homens e mulheres. Sonia Bompastor (Lyon, atual campeã da Champions Feminina), Martina Voss-Tecklenburg (Alemanha), Jonatan Giráldez (Barcelona) e Tommy Stroot (Wolfsburg) estavam entre os cinco mais votados.

Postar um comentário

0 Comentários