Operário-PR x Bahia: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem


Em duelo no alto da tabela, Operário-PR e Bahia se enfrentam neste sábado, às 18h30, no Germano Krüger, em Ponta Grossa, pela 12ª rodada da Série B do Brasileiro.

O Operário-PR chega animado após a vitória por 3 a 0 sobre o Guarani, fora de casa, na última segunda-feira. O Fantasma busca agora ganhar duas seguidas pela primeira vez e ter a chance de entrar no G-4.

Vice-líder da Série B e com duas vitórias em sequência na bagagem, contra Criciúma e Sport, o Bahia busca, neste sábado, emplacar a primeira série de três triunfos na competição nacional. Para isso, tem o desafio de voltar a vencer fora de casa, algo que aconteceu apenas uma vez até agora, na segunda rodada.

Transmissão: sportv e Premiere.

Escalações prováveis

Operário-PR - técnico: Claudinei Oliveira

O treinador deve manter o esquema com três zagueiros, com Thales, Reniê e Alemão, utilizado nos últimos jogos. A dúvida fica no meio-campo, já que Tomas Bastos e Giovanni Pavani se destacaram com gols na vitória sobre o Guarani. Os dois disputam vaga com Rafael Chorão no setor. O restante do time deve ser o mesmo.

Um provável Operário-PR é Vanderlei; Thales, Reniê e Alemão; Arnaldo, Ricardinho, Fernando Neto, Rafael Chorão (Tomas Bastos ou Pavani) e Fabiano; Silvinho e Paulo Sérgio.

Desfalques: Bonfim, Leandrinho, Reina e Jean Carlo (departamento médico).

Pendurados: Fabiano, Rafael Chorão, Felipe Garcia, Ricardinho e Thales.

Bahia - técnico: Guto Ferreira

Guto Ferreira vai ser obrigado a fazer mudanças no meio-campo do Bahia mais uma vez. O treinador segue sem contar com Rezende (lesionado) e perdeu também Patrick (suspenso). Emerson Santos é quem fica com a vaga para atuar ao lado de Mugni e Daniel. Já na defesa, Ignácio volta a ficar à disposição e deve fazer dupla de zaga com Luiz Otávio. Didi, que teve atuação destacada contra o Sport, é dúvida.

Time provável: Danilo Fernandes; Douglas Borel, Ignácio, Luiz Otávio e Djalma; Emerson Santos, Lucas Mugni e Daniel; Rildo, Matheus Davó e Rodallega;

Postar um comentário

0 Comentários