Itália x Argentina: onde assistir e tudo sobre a Finalíssima 2022


Itália e Argentina jogam na próxima quarta-feira, 1º, às 15h45 (de Brasília), a Finalíssima 2022 em Wembley, na Inglaterra. O duelo que coloca em disputa os campeões da Copa América e Eurocopa acontece pela primeira vez desde 1993, em parceria entre Uefa e Conmebol. Confira, abaixo, tudo sobre o clássico internacional.

A Finalíssima

A retomada da Finalíssima, antes chamada de Troféu Artemio Franchi, foi definida após um acordo de aproximação das relações entre Uefa e Conmebol, assinado em 2021. O torneio realiza uma partida única entre o campeão da Copa América e da Eurocopa. As entidades preveem a continuidade do evento.

Quando?

A Finalíssima está marcada para a próxima quarta-feira, 1º, às 15h45 (de Brasília). No horário local (de Londres), a bola rola às 19h45.

Onde?

A Finalíssima 2022 acontece no Wembley, em Londres, na Inglaterra. Os 86.000 ingressos colocados à venda foram esgotados em menos de uma semana. A entrada mais barata custava 25 libras, 150 reais na cotação atual.

Onde assistir?

Itália x Argentina pela Finalíssima poderá ser acompanhado na TV a cabo, pela ESPN. Pela internet, o serviço de streaming Star + transmite o duelo.

A Finalíssima conta com troféu. Divulgada pela Uefa, a taça conta com duas figuras que se encontram pelas mãos. A ideia é representar a união das entidades continentais.

Histórico

O encontro entre os campeões continentais da América do Sul e Europa já ocorreu duas vezes. Em 1985, a competição terminou com vitória da França sobre o Uruguai por 2 a 0, no Parque dos Príncipes, em Paris. Após pausa de oito anos na organização, a Argentina venceu a Dinamarca nos pênaltis, em Mar del Plata, em 1993. À época, o troféu era chamado de Artemio Franchi, em homenagem ao dirigente italiano, ex-presidente da Uefa, que morreu em acidente automobilístico em 1983.

Prováveis escalações:

O jogo vale com um ótimo teste para a Argentina visando a Copa do Catar, enquanto a Itália segue com o orgulho ferido após ficar fora do Mundial pelo segundo ano consecutivo. Os dois times vão com força máxima:

Lionel Scaloni deve escalar a Argentina com: Emiliano Martínez, Foyth, Romero, Otamendi, Acuña; De Paulo, Guido Rodríguez, Lo Celso; Messi, Lautaro Martínez e Di María.

Roberto Mancini deve escalar a Itália com: Donnarumma, Di Lorenzo, Bonucci, Chiellini, Emerson; Barella, Jorginho, Verratti, Bernardeschi, Scamacca e Insigne.

Arbitragem:

Conmebol e Uefa divulgaram nesta segunda-feira, 30, a arbitragem da Finalíssima. Confira:

  • Árbitro principal: Piero Daniel Maza Gómez (Chile)
  • Assistente 1: Christian Schiemannn (Chile)
  • Assistente 2: Claudio Ríos (Chile)
  • Quarto árbitro: Jesús Gil Manzano (Espanha)
  • VAR: Alejandro Hernández Hernández (Espanha)
  • AVAR 1: Juan Martinez Muniera (Espanha)
  • AVAR 2: Tiago Lopes Martins (Portugal)

Postar um comentário

0 Comentários