Eriksen faz gol e é aplaudido em retorno à seleção da Dinamarca

 


O amistoso entre Holanda e Dinamarca foi especial para o meia Christian Eriksen. Nove meses depois de sofrer uma parada cardíaca em campo durante uma partida da Eurocopa, o jogador de 30 anos voltou a vestir a camisa da seleção dinamarquesa e, apesar da derrota por 4 a 2, saiu com sorriso no rosto após marcar um gol e emocionar o estádio.


A partida foi disputada na Amsterdã Arena, casa do Ajax, onde Eriksen se sente em casa. O meia foi revelado pelo clube holandês e por lá ficou durante cinco temporadas. Ele entrou em campo logo no primeiro minuto da etapa final, quando sua seleção perdia por 3 a 1, e foi aplaudido por todo o estádio e também pelo técnico Louis van Gaal, da Holanda.

Com a bola rolando, Eriksen precisou de apenas dois minutos para balançar a rede ao completar o passe de Olsen e finalizar com precisão no canto alto do goleiro adversário. Os aplausos e homenagens dos torcedores holandeses voltaram a aparecer logo após o gol. 

O gol não foi suficiente para evitar a derrota, mas o meia saiu como protagonista do jogo amistoso. Vestergaard anotou o outro gol dinamarquês, enquanto Bergwijn (duas vezes), Aké e Depay marcaram para a Holanda. 

Após sofrer uma parada cardíaca no duelo contra a Finlândia, pela Eurocopa disputada em 2021, o jogador ficou cerca de oito meses sem atuar. Eriksen precisou deixar a Inter de Milão porque a utilização do cardioversor desfibrilador implantável (CDI), um tipo de marca-passo, é proibida no futebol italiano. Assim, ele assinou com o Brendfort, da Inglaterra, em janeiro e, no fim de fevereiro, voltou a atuar em uma partida oficial.

FONTE: PLACAR

Postar um comentário

0 Comentários