Corinthians anuncia a contratação do atacante Júnior Moraes

 


O Corinthians anunciou nesta quarta-feira a contratação do atacante Júnior Moraes, ex-Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. Aos 34 anos, o jogador assina até 31 de dezembro de 2023. Ele usará o número 18.

Nas redes sociais, o clube vinha brincando sobre o anúncio desde a terça-feira. Nesta quarta, foram divulgadas as imagens do jogador com a camisa do Timão.

– Estou muito feliz e preparado para vestir esta camisa. Espero ajudar a equipe ao máximo em busca dos resultados – disse o jogador ao site oficial do Corinthians.

Ao todo, o atacante tem 345 partidas e 173 gols anotados. Apenas na liga ucraniana, foram 172 jogos e 96 bolas na rede.

Júnior Moraes voltou ao Brasil no começo de março e tinha contrato com o Shakhtar Donetsk até junho. Com a liberação da Fifa para o restante da temporada, tornou-se jogador livre.

O Corinthians viu o atacante como uma oportunidade de mercado. Um jogador sem custos, experiente, com passagem por seleção da Ucrânia, títulos conquistados e gols. Além disso, o prazo para inscrição de novos jogadores acaba em abril, e a busca por um 9 já está longa.

Júnior Moraes poderá ser inscrito pelo Corinthians na segunda fase do Campeonato Paulista. O jogador participou de toda a pré-temporada do Shakhtar na Turquia e está bem fisicamente.

Em 2021, o atacante, que já defendeu a seleção ucraniana, usou o CT Joaquim Grava para um longo período de reabilitação. Ele passou por uma cirurgia em abril por conta de um rompimento do ligamento cruzado do joelho direito e voltou a jogar em dezembro, inclusive marcando um gol.

A lesão tirou Júnior Moraes da disputa da Eurocopa, em junho do ano passado.

Cria do Santos, o jogador passou por três clubes da Ucrânia, além de outros de menor expressão na Europa. No Shakhtar, foram quatro temporadas, com 106 partidas oficiais e 62 gols marcados.

Na recente escalada da guerra entre Ucrânia e Rússia, Júnior Moraes foi uma espécie de líder no processo de retirada de um grupo de brasileiros que estava em Kiev quando começou a invasão russa.

FONTE: Meu Timão

Postar um comentário

0 Comentários